O seu intestino não funciona bem? Você vive com prisão de ventre e constipação? Sofre com alergias alimentares ou com infecções recorrentes no intestino? Isso pode ser sinal de um problema que tem raízes mais profundas do que você imagina. A boa notícia é que há tratamento. É por isso que, na medicina, muito se tem discutido hoje em dia sobre o uso da glutamina na barreira intestinal.

A glutamina, utilizada como suplemento por algumas pessoas, para recuperação muscular (já que se trata de um antioxidante sintetizado pelo nosso organismo), também pode se aplicar ao tratamento intestinal. Entretanto, é necessário estar atento aos riscos do seu uso sem indicação médica. Vale conversar com um médico especialista a respeito desses tratamentos mais alternativos.

Quer entender melhor como a glutamina atua em seu organismo nesse caso? Então acompanhe a leitura abaixo.

AGENDE HOJE SUA CONSULTA COM A DRA MARIANA ARAUJO- SAIBA MAIS!

O que é a barreira intestinal?      

Nosso intestino é revestido por uma camada de células, que são responsáveis por uma espécie de seleção de nutrientes. Ela serve tanto para absorção de substâncias essenciais para a nossa saúde quanto para barrar outras nocivas. Essas últimas permaneceriam então no intestino para serem expelidas com as fezes. Por essa razão, podemos dizer que a barreira intestinal tem papel fundamental no equilíbrio do nosso organismo.

O que causa desequilíbrio na barreira intestinal?

Alguns itens podem fazer com que esse mecanismo não funcione como deveria. Além da alimentação, podemos apontar o estresse como fator de alto risco na ruptura dessa barreira. Se ele for proveniente dos primeiros anos de vida, esse efeito fica ainda mais evidente. Isso porque os hormônios liberados pelo nosso organismo diante de situações estressantes podem desencadear tais efeitos.

A resposta do organismo para esse “ataque” pode vir em forma de inflamação ou outros mecanismos de “defesa”, como as alergias. Muitas vezes, tratar somente a inflamação, por exemplo, não é eficiente, uma vez que, na presença das questões que a desencadeiam, ela vai retornar. Por isso falamos em buscar a solução nas raízes do problema.

Qual a importância do uso da glutamina na barreira intestinal?

glutamina na barreira intestinal

A glutamina teria um efeito repressor na inflamação intestinal, podendo ser considerada também eficaz na reconstituição da barreira. Ela ajuda a regular os genes e proteínas presentes nessas células, além de suas propriedades antioxidantes e estimulantes das funções imunológicas.

Embora estudos em relação a esses efeitos ainda estejam sendo realizados em animais e humanos, entende-se que os resultados são benéficos em praticamente todos os casos. A partir de uma regulação do metabolismo e das bactérias intestinais, podemos dizer ainda que os benefícios se estendem a todo o organismo.

Como se dá o uso da glutamina na barreira intestinal?

Existem suplementos no mercado à base de glutamina, em sua forma pura, e também outros que incluem também componentes que ajudam a melhorar a saúde intestinal, como é o caso do colágeno. É por isso que dizemos que somente o médico poderá prescrever o melhor para você.

Ficou interessado? Entre em contato conosco e conheça o trabalho da nossa clínica!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.